Edições anteriores

2019

Capa da revista

v. 28, n. 68 (2019): Revista de Educação Pública, v. 28, n. 68, maio/ago. 2019

ISSN Eletrônico 2238-2097

Os textos reunidos nesta edição especial da Revista de Educação Pública debruçam-se sobre a temática Pós-graduação em Educação: Diálogos entre políticas públicas, formação de professores e Educação Básica. A ideia é articular e dar visibilidade aos sujeitos, aos diálogos e aos contextos, para um olhar mais plural sobre a problemática educacional brasileira. (MONTEIRO; PALMA,2019).
Capa da revista

v. 28, n. 67: Revista de Educação Pública, v. 28, n. 67, jan./abr. 2019

ISSN Eletrônico 2238-2097

"É com imenso prazer que apresentamos à comunidade acadêmica a primeira edição da Revista de Educação Pública do ano de 2019, com artigos que envolvem temáticas amplas e com representatividade institucional de vários autores, todos nas respectivas áreas e com suas devidas peculiaridades. Na sequência deste editorial, será possível encontrar contribuições significativas que enriquecem o debate no campo da educação, por meio de pesquisas realizadas em âmbito nacional e internacional. Manteremos o trabalho que vem sendo realizado na revista nos últimos anos com o fluxo editorial aberto em demanda contínua, mesmo considerando o momento difícil pelo qual passamos no Brasil, com muitas incertezas quanto aos investimentos na produção do conhecimento nas universidades públicas." (MONTEIRO. Carta da editora, 2019).


2018

Capa da revista

v. 27, n. 66 (2018): Revista de Educação Pública, v. 27, n. 66, set./dez. 2018

e-ISSN 2238-2097

"É com imensa satisfação que disponibilizamos aos leitores o número 66, referente a set./dez. de 2018 da Revista de Educação Pública, encerrando os números editados nesse ano. As discussões apresentadas em seus diferentes artigos reúnem reflexões conduzidas por pesquisadores brasileiros e portugueses, reiterando a pluralidade institucional e o vasto campo das pesquisas em Educação." (MONTEIRO, 2018. Apresentação).

Capa da revista

v. 27, n. 65/2 (2018): Revista de Educação Pública, v. 27, n. 65/2, maio/ago. 2018

e-ISSN 2238-2097

Edição Temática "Diversidades Culturais, dos Sujeitos e seus Saberes"

 

"O itinerário dos escritos percorre parte de descobertas, de adventos, de investigações que se inscrevem em um movimento coletivo composto por múltiplas interações em busca de mudanças, que alargam nossas perspectivas espaciais, temporais, culturais. Trazer a público essas pesquisas é permitir, da maneira mais aberta possível, o acesso ao conhecimento acumulado por esses estudos e pesquisas." (FERREIRA; CASTILHO, 2018. Apresentação).

Capa da revista

v. 27, n. 65/1 (2018): Revista de Educação Pública, v. 27, n. 65/1, maio/ago. 2018

e-ISSN 2238-2097

Edição Temática

"Entre culturas, sujeitos, saberes e suas práticas..."

Capa da revista

v. 27, n. 64 (2018): Revista de Educação Pública, v. 27, n. 64, jan./abr. 2018

e-ISSN 2238-2097

Convidamos a todos a debruçar-se sobre a primeira edição de 2018 da Revista de Educação Pública e dialogar com as diferentes problemáticas de interesse da área de Educação nos 11 textos publicados, difundindo e ampliando os conhecimentos produzidos. Acompanham esta edição, ainda, uma resenha e os informes da pós-graduação no que se refere à avaliação quadrienal. (MONTEIRO, 2018).


2017

Capa da revista

v. 26, n. 63 (2017): Revista de Educação Pública, v. 26, n. 63, set./dez. 2017

e-ISSN 2238-2097

Estimados leitores e leitoras,

Escrever neste momento a apresentação de mais um número da Revista de Educação Pública implica em uma dupla satisfação. Primeira, pelo fato de estar assumindo a frente desse trabalho de editoração, reconhecendo que é resultante de uma longa trajetória de esforços coletivos percorridos, em que se ampliou e consolidou proposições e realizações da reconhecida qualidade de nosso periódico. A segunda é que me sinto estimulada pelo desafio – que me dá o tempo – ao contínuo exercício de seguir caminhando na organização desta publicação, reiterando o sentido de compromisso e responsabilidade sobre o nosso trabalho com a Educação Pública.A dimensão de um trabalho colaborativo fundamentado na partilha de sentimentos, experiências, desafios e proposições potencializa este momento em que nos exigem intensificações de nossos projetos, no sentido da recontextualização de outros futuros para uma Educação pautada na justiça social. (MONTEIRO, 2017. Carta da editora).

Capa da revista

v. 26, n. 62/2 (2017): Revista de Educação Pública, v. 26, n. 62/2, maio/ago. 2017

e-ISSN 2238-2097

"De Saberes e Identidades: de povos, culturas e educações"

"O Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá, em 2016, problematiza como temática de discussão e aprofundamento os Saberes e Identidades: Povos, Culturas e Educações. Essa pauta é evidenciada justamente quando há um debate nacional sobre as mudanças nas orientações curriculares e sobre a base comum, cujo foco se voltava à invisibilidade da diversidade étnica e cultural brasileira, especialmente retirando de pauta as especificidades das educações indígenas, quilombolas e populares." (GRANDO; DIAS; PASSOS, 2017. Apresentação).
Capa da revista

v. 26, n. 62/1 (2017): Revista de Educação Pública, v. 26, n. 62/1, maio/ago. 2017

e-ISSN 2238-2097

 

Edição Temática 2017 "Saberes e Identidades: Povos, Culturas e Educações"

 

"A edição temática da Revista de Educação Pública que apresentamos, traz como foco de abordagem, pesquisas e reflexões que entrelaçam Saberes e Identidades: Povos, Culturas e Educações.

Essa temática nos chega por demanda dos setores sociais, sobretudo os mais vulneráveis e que produzem, efetivamente, pelo trabalho, as bases da vida social, econômica simbólica, inclusive de genocídio, e carecem, em face da expropriação, exploração e desvalia, de formas de um sentido ético-praxiológico que dê sentido à vida, em meio à miséria política do sistema." (GRANDO; DIAS; PASSOS, 2017. Apresentação).

Capa da revista

v. 26, n. 61 (2017): Revista de Educação Pública, v. 26, n. 61, jan./abr. 2017

e-ISSN 2238-2097

Nos encontramos em um momento especial, de virada de ano, quando termina 2016 e começa 2017. Do ano que passa, a memória de muitos desafios, vencidos ou não, frente a acontecimentos que se precipitaram em âmbito internacional, nacional e localmente. Para o ano que vem, crença, confiança, esperança e novos projetos, na expectativa de novos e melhores tempos. No ínterim que marca os nexos entre passado e futuro, se insere a publicação do número 61 da Revista de Educação Pública. Nela, atores sociais ganham destaque em artigos que apresentam resultados de pesquisa envolvendo protagonismo da criança, crianças com deficiência, narrativas de adolescentes, reflexão/ação de professores/pesquisadores em formação, identidade/diferença indígena na instituição escolar, ações governamentais ou estatais nas políticas públicas. A perspectiva é a de que novas gerações, profissionais de tradição e novos sujeitos coletivos tenham e se sintam imbuídos de poder na construção de relações sociais guiadas pela ciência, por justiça e pela ética. (OLIVEIRA, 2017).


2016

Capa da revista

v. 25, n. 60 (2016): Revista de Educação Pública, v. 25, n. 60, set./dez. 2016

ISSN 2238-2097

É grande a satisfação em apresentar mais um número da Revista de Educação Pública. Nessa publicação, minha sugestão é para que vocês, leitoras e leitores, atentem a aspectos que sobressaem: a infância, a perspectiva teórica histórico-cultural e o investimento em pesquisas que considerem as especificidades de grupos sociais. Nela, há o reconhecimento da criança como sujeito de conhecimento e sujeito político; o exercício de se definir o escopo de pesquisas em educação sob a compreensão de que o conhecimento, a linguagem e o desenvolvimento humano se dão em sociedade, coletivamente; e a exposição desafiadora de como grupos identitários de recorte geracional, étnico ou de gênero entram na cena social da educação e são implicados em correlação de forças hegemônicas (OLIVEIRA, 2016. Apresentação).

Capa da revista

v. 25, n. 59/2 (2016): Revista de Educação Pública, v. 25, n. 59/2, maio/ago. 2016 - Edição Temática SemiEdu 2015

E-ISSN 2238-2097

"A alegria de divulgarmos as publicações das mesas redondas e conferências do SemiEdu 2015 é aqui multiplicada: publicamos, nesta oportunidade, o segundo fascículo da edição temática do evento na Revista de Educação Pública, ampliando as discussões acadêmicas e científicas na área de Educação e Tecnologias." (PEREIRA; SAMBRANO; MACIEL; ALONSO, 2016. Apresentação).

Capa da revista

v. 25, n. 59/1 (2016): Revista de Educação Pública, v. 25, n. 59/1, maio/ago. 2016 - Edição Temática SemiEdu 2015

E-ISSN 2238-2097

"É com grande satisfação que apresentamos a edição da Revista de Educação Pública em comemoração ao SemiEdu 2015! Como tivemos uma significativa quantidade de palestras, mesas-redondas e apresentações de grande qualidade técnico-científica no evento, optamos por dividir as publicações dele resultantes em duas edições da Revista de Educação Pública. Eis aqui, então, o primeiro fascículo, que congrega textos ora de cunho mais ensaístico, ora relatos de experiência, ora produtos mais tradicionais de pesquisas científicas na área de Educação e Tecnologias." (PEREIRA; SAMBRANO; MACIEL; ALONSO, 2016. Apresentação).

 

ERRATA

No artigo intitulado "O currículo na cultura digital: impressões de autores de materiais didáticos para formação de professores", publicado na Revista de Educação Pública, v. 25, n. 59/1, p.364-380, maio/ago. 2016:

Na página 364, onde se lê: Nayara Müller Tossati, 

Leia-se: Nayara Cristine Müller Tosatti.

 

Capa da revista

v. 25, n. 58 (2016): Revista de Educação Pública, v. 25, jan./abr. 2016

E-ISSN 2238-2097

"Iniciamos o ano lhes oferecendo mais um número da Revista de EducaçãoPública. Coetâneo aos desafios que irrompem nos espaços e tempos por nósvivenciados, este número publica resultados de pesquisas caracterizadas pela multirreferencialidade teórica e por multiplicidade e profundidade metodológica, assumindo o campo científico da educação como lugar de engajamento na luta por justiça social e por políticas públicas, de responsabilidade ambiental e de reconhecimento de múltiplas identidades, sejam elas culturais ou geracionais." (OLIVEIRA, 2016, p. 9. Apresentação).

2015

Capa da revista

v. 24, n. 57 (2015): Revista de Educação Pública, v. 24, n. 57, set./dez. 2015

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

"Na constituição do social, nos encontramos em um tempo marcado por acirrados debates entre classes, ideologias, nações e grupos sociais os quais disputam, constantemente, por valores e significados. Disputas estas que podem se tornar ainda mais desiguais quando apenas alguns sujeitos possuem ou ocupam posições favoráveis frente a instrumentos, tecnologias e mecanismos midiáticos. Nesse contexto, os periódicos científicos, por sua circulação eletrônica em especial, têm potencial de qualificar debates com a publicitação e circulação de resultados de pesquisa sobre temáticas que entram em disputa em beligerante espaço público." (OLIVEIRA, 2015. Apresentação).

Capa da revista

v. 24, n. 56 (2015): Revista de Educação Pública, v. 24, n. 56, maio/ago. 2015

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

Edição Temática SemiEdu 2014 "Educação e seus modos de ler e escrever em meio à vida"

"Este número temático da Revista de Educação Pública é destinado às principais discussões realizadas no Seminário Educação 2014 que teve como tema: Educação e seus modos de ler e escrever em meio à vida. O tema nasceu do título do projeto Escrileituras: um modo de ler-escrever em meio à vida. Este projeto foi coordenado pela professora Dra. Sandra Mara Corazza, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e contou com a participação de quatro núcleos: Universidade do Oeste do Paraná (UNIOESTE), na cidade de Toledo, sob a coordenação da professora Dra. Ester Maria Dreher Heuser; Universidade Federal de Pelotas (UFPel), sob a coordenação da professora Dra. Carla Gonçalves Rodrigues; e Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), sob a coordenação do professor Dr. Silas Borges Monteiro. Durou de 2011 a 2014. O SemiEdu 2014 foi, também, o encerramento do Projeto." (MONTEIRO; CAETANO, 2015. Apresentação).

Capa da revista

v. 24, n. 55 (2015): Revista de Educação Pública, jan./abr. 2015

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

(Re) Começamos mais um ano na expectativa de novos tempos, de que neles também se faça presente a retomada e a definição de novos projetos, acompanhada do sentimento de que tudo será ainda melhor. Com esse espírito de júbilo, temos a oferecer o primeiro número da Revista de Educação Pública para o ano de 2015. Neste número, em todos os seus componentes, especialmente nos 11 artigos nele publicados, os leitores encontrarão qualidade exemplar em termos de problematização, de referenciais epistemológicos e de decisões e procedimentos metodológicos. Consequentemente, se depararão com valiosas conclusões de pesquisa. (OLIVEIRA, 2015).


2014

Capa da revista

v. 23, n. 54 (2014): Revista de Educação Pública, set./dez. 2014

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

O convite à leitura dos artigos publicados no nº 54 da Revista de Educação Pública é feito sob um sentimento, ao mesmo tempo, de congratulação para com autores, pareceristas e equipe de editores, e de realização da nossa política editorial. Nele conseguimos socializar resultados de pesquisas caracterizadas, entre outras, pela rigorosidade teórica e metodológica, pela diversidade e pela responsabilidade social. (OLIVEIRA, 2014. Carta da Editora).

Capa da revista

v. 23, n. 53/2 (2014): Revista de Educação Pública - Edição Temática Semiedu 2013 - maio/ago. 2014.

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

"Esta revista de número 53, editada em dois fascículos: 53/1 e 53/2, agrega em seu escopo de publicações 18 artigos. Intento este que só foi possível de ser consolidado mediante financiamento direto da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), por meio do edital SIPREC. Importa frisar que, os recursos disponibilizados por essa agência de fomento colaboraram substancialmente para compartilhar o supramencionado evento e, ao mesmo tempo, registrar sua memória. Se bem assim, o PPGE e todos nós, organizadores e demais participantes, junto aos nossos leitores, agradecemos essa importante agência de fomento, enfatizando que principalmente eles – os leitores – se beneficiarão do acesso à produção científica oriunda do nosso Semiedu/2013"(PASSOS; SATO; PRUDENTE, 2014, Apresentação).
Capa da revista

v. 23, n. 53/1 (2014): Revista de Educação Pública - Edição Temática Semiedu 2013 - maio/ago.2014

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

"A produção e divulgação de uma Edição Temática a documentar parte dos trabalhos científicos apresentados no Seminário Educação, realizado em 2013 (Semiedu/2013), não é fato inédito. Ela se circunscreve na continuidade de uma tradição que nunca foi abandonada, qual seja brindar os leitores de nossa Revista de Educação Pública, articulada ao Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) do Instituto de Educação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), e demais segmentos, como uma devolução de justiça do acontecimento da variegada interlocução empreendida e vivenciada por nós. Justiça à memória das quase três mil pessoas que conviveram conosco cinco dias e meio – e, parece mentira, saíam todas com o coração cortado que o Seminário tivesse terminado!" (PASSOS; SATO; PRUDENTE, 2014, Apresentação).

Capa da revista

v. 23, n. 52 (2014): Revista de Educação Pública, jan./abr. 2014

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

O número 52 da Revista de Educação Pública tem a satisfação de publicar resultados de pesquisa que apresentam uma confluência de objetos de estudos e de resultados de análise proporcionados não por um agrupamento temático premeditado, uma vez que não faz parte do escopo da REP a organização de dossiês, muito menos por um golpe de sorte, uma vez que trabalhamos com conhecimentos científicos (OLIVEIRA, 2014).


2013

Capa da revista

v. 22, n. 51 (2013): Revista de Educação Pública, set./dez. 2013

Eletrônico ISSN 2238-2097

Impresso ISSN 0104-5962

"No número 51 da Revista de Educação Pública os leitores são convidados a ter acesso a resultados de pesquisa que abordam temas valiosos ao campo educacional, tais como: interdisciplinaridade nos currículos escolares; relações entre trabalho docente, ensino a distância e transformações no mundo do trabalho; deficiência mental como fenômeno escolar e educação especial; políticas educacionais de qualificação para o trabalho e suas relações com o desenvolvimento econômico local; cidadania ecológica; concepções e práticas ambientais de representantes estudantis brasileiros e portugueses; ensino e currículo de língua portuguesa; políticas curriculares para formação inicial de professores de ciências biológicas; e mediações pedagógicas em abordagens do ensino da matemática, presentes em revista especializada direcionada aos professores de matemática." (OLIVEIRA, 2013).

Capa da revista

v. 22, n. 50 (2013): Revista de Educação Pública, v. 22, n. 50, Edição Especial Comemorativa, set./dez. 2013

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

Este número é especial: celebramos 20 anos da Revista de Educação Pública nesta publicação, que a nós se apresenta como ícone de consolidação de um periódico científico do campo da educação. O quinquagésimo número e o vigésimo ano não se restringem a uma numeração ordenada; marcam um tempo repleto de expectativa ascendente, que se configura por meio de uma trajetória de luta com cadência tenaz. Toda essa história, por sua vez, encontra-se encenada por complexas redes materializadas no conjunto de artigos publicados neste número.

Capa da revista

v. 22, n. 49/2 (2013): Revista de Educação Pública - Edição Temática SemiEdu 2012

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

Das crianças nas instituições e das crianças (in)visíveis: entre a sujeição e as possibilidades criativas"

"As imagens das crianças anunciadas se associam às suas múltiplas lógicas
e linguagens e passam a ser compreendidas como força instituinte, reinaugurando a
cena educacional a partir do valor da diferença. As crianças, elas mesmas compreendem
os sentimentos das coisas. Já dizia Benjamin (1994) que, ao brincarem com detritos,
as crianças colocam restos e resíduos em uma relação nova e original." (ANDRADE; GOMES, 2013. Apresentação).

Capa da revista

v. 22, n. 49/1 (2013): Revista de Educação Pública - Edição Temática SemiEdu 2012

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

"Das crianças nas instituições e das crianças (in)visíveis: entre a sujeição e as possibilidades criativas"

"Ao falar da coisidade das coisas, Manuel de Barros (1994, p. 4) anuncia: 'As coisas não querem mais ser vistas por pessoas razoáveis: Elas desejam ser olhadas de azul. Que nem criança que você olha de ave. Um olhar de ave, um olhar de azul é um simples olhar com mais atenção'.” (ANDRADE; GOMES, 2013, Apresentação).

Capa da revista

v. 22, n. 48 (2013): Revista de Educação Pública, jan./abr. 2013

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

O n. 48 da Revista de Educação Pública proporciona aos leitores o acesso a resultados de pesquisa sobre: trajetórias socioescolares de estudantes de Educação de Jovens e Adultos; como um professor se torna professor; relações entre representação social de gênero e fracasso escolar; políticas inclusivas de acesso ao ensino superior considerando-se países da América Latina; a participação da sociedade civil em um Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB); significados de consciência, conscientização e tomada de consciência presentes em um evento do campo da Educação Ambiental; a memória recente do ensino médio profissionalizante em escola pública brasileira sob influência de valores culturais norte-americanos; a existência de um ambiente competitivo no ensino de química; e o ensino da matemática em cursos de licenciatura em Pedagogia (OLIVEIRA; FERREIRA, 2013).

2012

ISSN Eletrônico 2238-2097   ISSN Impresso 0104-5962

v. 21, n. 47 (2012): Revista de Educação Pública, set./dez. 2012

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

Prezad@s leitores/ras, temos a grata satisfação de apresentar o Nº 47 da Revista de Educação Pública. Esta edição marca diferentes tempos da história desse periódico: o fechamento do seu aniversário de vinte anos e a abertura para sua internacionalização (OLIVEIRA; FERREIRA, 2012).

Capa da revista

v. 21, n. 46 (2012): Revista de Educação Pública, maio/ago. 2012.

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

"A presente Edição Especial da Revista Educação Pública materializa três importantes celebrações: a realização da 19ª edição do Seminário Educação (Semiedu), que vem se configurando o maior evento da área na região Centro-Oeste; os 10 anos do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Educação-NEPRE, que celebrando sua primeira década de existência, assumiu a coordenação do Seminário. O terceiro motivo de celebração se deve ao fato de que, pela segunda vez, relações raciais e educação constitui-se tema central do Seminário Educação com significativa receptividade. Contabilizaram-se, neste ano, mais de 3.000 inscrições e a superação de 1.000 registros no número de trabalhos submetidos para apresentação no decorrer do evento.

Em 2011, o Seminário Educação teve por tema Educação e Relações Raciais: 10 anos de estudos e pesquisas na UFMT. Contou com a participação de pesquisadores, professores, estudantes locais e de todas as regiões brasileiras, de diferentes instituições de ensino superior e com significativa presença de docentes do sistema de educação básica. Destes últimos, muitos trouxeram para o evento paralelo Mostra de Experiências Pedagógicas na Implementação da Lei nº 10.639/03, relato do que, até então, estava sendo realizado nas unidades de ensino, no que se refere à promoção de educação escolar para as relações etnicorraciais." (MULLER; COSTA, 2012).

Capa da revista

v. 21, n. 45 (2012): Revista de Educação Pública, jan./abr. 2012

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

Felicitações! No ano em que a Revista de Educação Pública completa 20 anos, somos tod@s presentead@s com a elevação da qualificação desse periódico, que passou de Qualis B1 para Qualis A2. Congratulamos e agradecemos a tod@s que, no transcorrer desse tempo, trabalharam para chegarmos até aqui. Com esta avaliação, a Revista de Educação Pública figura entre as melhores do campo da educação no Brasil.


2011

Capa da revista

v. 20, n. 44 (2011): Revista de Educação Pública, set./dez. 2011

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962



Em seu número 44, a Revista de Educação Pública tem a satisfação de oferecer aos seus leitores resultados de pesquisa sobre relações entre escolarização, Estado e sociedade; educação infantil; formação de professores; história da escolarização no Brasil; crise socioambiental; e ser humano.

Capa da revista

v. 20, n. 43 (2011): Revista de Educação Pública, maio/ago. 2011 - Edição Especial

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

Número Especial dedicado à divulgação de artigos, frutos dos debates apresentados no Seminário Educação 2010 (SemiEdu 2010), evento que, anualmente, ocorre na Universidade Federal de Mato Grosso, no campus de Cuiabá desde 1992.

Sobre o desingner da capa:

"Escolhemos a roda, ilustrada com os elementos representativos da cultura mato-grossense, sobrepostos e agrupados em círculo demarcados pelos diferentes grupos culturais, como símbolo do Seminário 2010, com a intenção de marcar esse espaço como prenhe de significados e reinterpretações. Espaço e tempo intenso de cores, alegria e diálogos na arte de aprender a viver compartilhadamente." (MONTEIRO; DALCIN, 2011, Apresentação).

Capa da revista

v. 20, n. 42 (2011): Revista de Educação Pública, jan./abr. 2011

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

Neste número a Revista de Educação Pública, mais uma vez, torna acessível às leitoras e leitores o resultado do trabalho de pesquisadoras e pesquisadores brasileiros do campo da educação. Trata-se de pesquisas que evidenciam a realidade educacional de lugares como Mato Grosso, Rio de Janeiro, São Paulo e, em uma abordagem geopolítica, destacam a América Latina como espaço identitário e de luta política na e pela educação. Mais especificamente, as pesquisas tornam visíveis momentos históricos e o lugar político de instituições educacionais como escolas, institutos, liceus e universidades.


2010

Capa da revista

v. 19, n. 41 (2010): Revista de Educação Pública, set./dez. 2010.

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

Este número da Revista Educação Pública é o primeiro que vem a público após o afastamento do Prof. Dr. Nicanor Palhares Sá da função de Editor deste periódico. Presente em todo o percurso histórico de existência da Revista Educação Pública, desde sua criação até sua consolidação no atual cenário educacional brasileiro, no qual se encontra classificada como periódico B1 pela CAPES, o Prof. Nicanor Palhares Sá contribuiu para imprimir nas páginas desta publicação não apenas os resultados de pesquisas realizadas no universo educacional – em suas dimensões mato-grossense, da região centro-oeste, brasileira, latino-americana e internacional –, mas também as marcas de sua personalidade ímpar e de sua incansável atuação profissional.

Capa da revista

v. 19, n. 40 (2010): Revista de Educação Pública, maio/ago. 2010

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

"A escolha da temática Políticas educacionais: cenários e projetos sociais deu-se pela necessidade de evidenciar as formulações e ações do poder público no campo social, reportando aos seus investimentos, gestão, destinação de políticas sociais, interesses e forças em questão, organização e participação da sociedade civil, marco jurídico, resultados alcançados, análise das relações político-econômico-sociais, entre outros. Tais aspectos traduzem, enfim, um compromisso social, um projeto social, o que esteve no centro das discussões então realizadas. Em especial no campo da educação, o debate abordou os pontos de tensão e as interferências entre o nível macro (as políticas governamentais) e o micro (a instituição escolar, o gestor, o professor, o aluno etc.). Estimulados pelas discussões realizadas nas conferências e mesas-redondas, os Grupos de Trabalho (que totalizaram 18), ao abordar questões específicas, protagonizaram relatos de pesquisas e debates teóricos." (SILVA; BERALDO, 2010).

Capa da revista

v. 19, n. 39 (2010): Revista de Educação Pública, jan./abr. 2010.

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

No transcorrer destes dez anos do século XXI, é notório que nosso país vem atravessando um momento peculiar e decisivo na definição dos rumos da educação nacional. Nesse contexto, é necessário provocar o debate sobre as questões educacionais, com vistas a ampliar as discussões e reflexões acerca do assunto. Dando relevância a essa pauta, a Revista de Educação Pública se insere nesse âmbito, na medida em que procura socializar as produções científicas oriundas da categoria strictu sensu e realizadas em nível tanto nacional quanto internacional.

2009

Revista de Educação Pública - ISSN eletrônico 2238-2097

v. 18, n. 38 (2009): Revista de Educação Pública, set./dez. 2009

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

A Revista de Educação Pública, marcando o seu perfil identitário, conforme a sua política editorial, disponibiliza aos leitores, seções temáticas resultantes de pesquisas com foco teórico-metodológico voltado ao campo educacional, visando proporcionar o intercâmbio da produção científica entre pesquisadores, educadores, alunos, grupos de pesquisas e outros profissionais que investigam ações educativas em diferentes contextos espaciais e temporais.

ISSN Eletrônico 2238-2097

v. 18, n. 37 (2009): Revista de Educação Pública, maio/ago. 2009.

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

"O tema desta edição foi 20 anos de Pós-Graduação em Educação: Avaliação e Perspectivas. A eleição da temática se deu pela necessidade de se fazer uma retrospectiva em toda a produção científica do PPGE, nesses seus 20 anos de existência, e de celebrar com outros Programas convidados do Brasil e do exterior, num “balanço” que pudesse socializar e avaliar toda produção emergida das pesquisas e disponíveis em publicações, cumprindo, nessa medida, o papel social da UFMT/PPGE." (GOMES, 2009).

Capa da revista

v. 18, n. 36 (2009): Revista de Educação Pública, jan./abr. 2009

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

A Revista de Educação Pública obteve, em 2007, a classificação máxima nacional “A”, atribuída pela ANPEd. A partir de 2008, muda o sistema de avaliação da CAPES e cria-se outra estrutura avaliativa com outras categorias. A categoria “A” foi reservada para os periódicos internacionais, com dois níveis; e “B” para os nacionais, com cinco níveis. A Revista de Educação Pública obteve o mais alto nível de classificação dos periódicos científicos nacionais da área de Educação, ou seja, “B1” como equivalente ao antigo nacional “A”.

2008

Capa da revista

v. 17, n. 35 (2008): Revista de Educação Pública, set./dez. 2008

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

Neste ano de 2008, a Revista de Educação Pública comemora seus 18 anos de trabalho destinado à publicação de produções científicas daqueles que investigam ações educativas em diferentes contextos espaciais e temporais. Releve-se que seu traço identitário tem raízes cravadas no Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Capa da revista

v. 17, n. 34 (2008): Revista de Educação Pública, maio/ago. 2008

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

Este número da Revista de Educação Pública é destinado aos trabalhos apresentados no Seminário Educação 2007 – SemiEdu 2007. Neste ano, a organização do evento ficou a cargo de dois Grupos de Pesquisa da UFMT: do Grupo de Estudos e Pesquisas em Didática, Filosofia e Formação de Educadores, coordenado pelo Professor Silas Borges Monteiro – grupo vinculado ao Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Formação de Educadores da Faculdade de Educação da USP, coordenado pela Professora Selma Garrido Pimenta – e do Grupo de Pesquisa de Políticas Educacionais de Mato Grosso, coordenado pelo Professor Antonio Carlos Maximo. O SemiEdu é evento regular acadêmico-científico do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFMT, aberto a pesquisadores nacionais e internacionais, professores doutores, mestres e estudantes de graduação e pós-graduação de universidades públicas e privadas, assim como a estudantes e profissionais da educação. Este evento reúne, ainda, profissionais liberais, artistas, sindicalistas, ambientalistas e militantes de movimentos sociais.

Capa da revista

v. 17, n. 33 (2008): Revista de Educação Pública, jan./abr. 2008

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

Neste ano, o volume 17 configura nova jornada de desenvolvimento da Revista, rumo ao terceiro ano de periodicidade quadrimestral. Seu potencial de publicação amplia-se por meio das contribuições externas de renomados pesquisadores da área de Educação tanto em nível nacional quanto internacional, além de distinguir-se pelo destaque conferido aos estudos regionais, o que a caracteriza como um dos principais veículos de interlocução da produção científica voltada às temáticas educacionais.


2007

Capa da revista

v. 16, n. 32 (2007): Revista de Educação Pública, set./dez. 2007

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

 

A Revista de Educação Pública é um dos periódicos científicos mais tradicionais no campo da educação; é o mais antigo da Universidade Federal de Mato Grosso. O fato de ter sido avaliado como nacional A pelo qualis da CAPES foi recebido por nós com tranqüilidade, pois conhecemos a contribuição que ela já ofereceu à área, ou seja, foi pioneira no campo específico da educação ambiental, além de ter protagonizado discussões de ponta, como as mudanças paradigmáticas puxadas pelo Seminário de Educação, evento este que ocorre anualmente, promovido pelo PPGE/IE/UFMT.

Capa da revista

v. 16, n. 31 (2007): Revista de Educação Pública - Edição Temática "Educação em Movimento: espaços, tempos e atores para o século XXI"

ISSN 0104-5962

 

A revista 31 apresenta alguns resultados da produção científica do Seminário Educação 2006 (SEmiEdu/2006) com o tema: Educação em movimento: espaços, tempos e atores para o século XXI. O evento, que ocorre anualmente, foi convocado pelo Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em 2006, e sua realização operou em conjunto com a Universidade Federal Fluminense (UFF), consubstanciando resultados de cooperação científica entre estas duas universidades através do Projeto PADCT, patrocinado pelo CNPq.


1996

Capa da revista

v. 5, n. 8 (1996): Revista de Educação Pública, jul./dez. 1996

ISSN Eletrônico 2238-2097

ISSN Impresso 0104-5962

Como veículo de divulgação da pesquisa em educação,a revista de educação Pública, pretende aprofundar o seu papel de intercâmbio com outros periódicosnacionais e internacionais. A ampliação da contribuição externa seráo principal mecanismo de interlocução. As diversas seções indicam osnossos interesses de pesquisa: “Arte, comunicação e educação”;“Educação e ciências”; “Educação e meio ambiente”; “Ensino eorganização político-pedagógica”; “Filosofia na educação”; “Históriada educação”; “Imaginário e educação”; “Lingüística educacional”;“Movimentos sociais e educação” e “Políticas públicas e educação”